O dom de ser feliz. Você tem esse dom?

Uma das buscas mais signifi cativas e incansáveis do ser humano sobre a terra desde que o mundo é mundo é por ser feliz. Em nome da felicidade infi nitos conflitos foram e continuam sendo criados. Em nome dela ainda, inúmeras pessoas deram e dão a vida por uma causa social nobre. Mas o que sempre me intrigou, enquanto questionava sobre a felicidade ao longo de minha vida, foipor que tanta gente com razões de sobra para ser feliz, não o são de fato e outras, com pouquíssimos motivos se mostram com uma felicidade contagiante? Sou cliente de um rapaz que trabalha num posto de gasolina, seu apelido é “miozinho”, esse é o cara mais feliz que tenho encontrado ultimamente. Nunca o encontrei mal-humorado, pode ser de manhã, à tarde ou à noite, ele sempre vem ao encontro de seus clientes com um sorriso no rosto, cantarolando e fazendo alguma brincadeira com seus clientes. Chama a todos de “miozinho” e surpreende os clientes com um atendimento especial.

A Psicologia positiva, movimento científico criado há 18 anos pelos americanos Martin Seligman e Mihaly Csikszentmihalyi, ambos profissionais da psicologia, vêm pesquisando a cerca da felicidade das pessoas,enfatizando mais a busca pela felicidade humana que o estudo das doenças mentais. Segundo eles, eliminar a depressão de um cliente não garante sua felicidade. É preciso ajudá-lo a encontrar sua maneira de ser feliz.

ALGUMAS DICAS DE COMO SE PROGRAMAR PARA SER MAIS FELIZ

Seguindo essa linha de estudo, Sonja Liubomirsky professora de psicologia da Universidade da Califórnia, pesquisou sobre os fatoresque determinam a felicidade de uma pessoa e chegou às seguintes conclusões: 50% vem de origem familiar, se os seus antepassados eram naturalmente felizes, você traz essa felicidade impressa em seu código genético,10% da felicidade das pessoas são circunstanciais, ou seja, momentâneas como a conquista de um bom emprego, passar no vestibular, ganhar um presente inesperado, morar na cidade de seus sonhos, etc. Tudo isso faz a pessoa feliz, mas por pouco tempo. Os outros 40% da felicidade humana estão ligadas às atividades intencionais, e esta têm a ver com a programação de sua mente com ideias e ações positivas.

Você está com depressão? Faça o teste e verifi que seu nível de felicidade.

De acordo com Liubomirsky, se para cada pensamento positivo existe um negativo a pessoa está com depressão. Se ela tem dois pensamentos positivos e um negativo, está com começo de depressão. Uma pessoa para estar bem, com um bom fluxo de felicidade precisa ter no mínimo três pensamentos positivos para um negativo. Se a sua felicidade está em perigo, busque ajuda. O que não vale é não ser feliz.

por José Osvaldo de Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *